SERVIÇO DE INFORMAÇÃO AO CIDADÃO | OUVIDORIA
Acessibilidade:

Portal da Transparência

PREFEITURA MUNICIPAL DE MORRO DO CHAPÉU DO PIAUÍ

Transparência

Bem vindo a MORRO DO CHAPÉU DO PIAUÍ/PI

História

HISTÓRIA QUE DEU ORIGEM AO NOME ATUAL DO MUNICÍPIO.

A ORIGEM DO NOME DO MORRO DO CHAPÉU DO PIAUÍ.

          São Rock Para Morro do Chapéu

Uma mudança que foi aceita no meio popular

O antigo lugar que deu origem ao surgimento do atual Município do Morro do Chapéu do Piauí passou por vários momentos distintos em sua História e formação social, baseado em uma longa busca de informações e pesquisas dentre elas a Oralidade dos habitantes mais velhos que viveram na região e depois de seus relatos foi à vez das buscas para se comprovar melhor os fatos que foram relatados e construídos a História da cidade.

 Este lugar que também já pertenceu a varias famílias imigrantes cearenses que veio em busca de salvar suas vidas devido às longas secas, viviam aqui alguns aglomerados de negros ex-escravos de maneira bem rudimentar nas terras entre as Vilas de Boa Esperança (Esperantina) e Porto Alegre (Luzilândia). Nesse período era muito comum a vida de viajantes e principalmente religiosos e quem sempre faziam este percurso passando na Terra dos Negros como era chamado o lugar eram um religioso conhecido por Frei Vidal, montado em seu cavalo era o ponto de descanso para ele em umas casas grandes no Alto da Velha Rosa, por curiosidade do Frei ele pergunta o nome do Lugar e fica sabendo ser Terra dos Negros, depois disso o Frei sempre passou a chamar de São Roque, isso até o inicio da década de 1910, quando a comunidade passou por grandes transformações e implantação de varias fazendas de gado inclusive uma que pertencia ao senhor Bebé Rebelo, ele sempre promovendo grandes festas de gado e em uma dessas festas foi que surge a mudança de nome novamente, as festa reuniam grande multidões por vários dias em vaquejadas e festa religiosa, em uma dessas festas um vaqueiro que participava do evento observa uma novilha fugindo rumo ao morro que ficava ligado ao local do evento ele mesmo sai em busca da novilha de vaca. A mesma segue para o morro um local muito cheio de pedregulho e mato fechado, horas depois ele volta todo machucado não consegue capturar a novilha e ainda perde o seu Chapéu no morro. Não deu outra, todo aquele povo que participava da festa começou a chamar o lugar de Morro do Chapéu e esquecendo de vez o São Roque, já em 1924 foi celebrado a primeira missa na capela que foi denominada para São Francisco das Chagas.

 

 

 

        

 

 

Professor: Jobevan Rodrigues de Abreu